Tuesday, August 31, 2010

MORTE ÀS FÃS GRALHAS

As fanáticas 'biexitas' (mistura de Bieber com xiitas) são as pessoas mais filhas da puta que podem existir. Aliás, fãs fanáticas em geral me irritam. Por exemplo, as do Justin Bieber e de certas bandas como Hori, Cine e Restart. Me refiro àquelas que se vestem igual, falam igual, se comportam igual, peidam igual e tentam pensar igual o seu ídolo. Vivem por ele, morrem por ele. Com o tempo esse fanatismo todo faz com que a fã perca sua própria identidade. E a cada ano, a cada década, isso se torna mais preocupante. Na minha época fãs gostavam, choravam, mas viviam suas vidas independente disso. Hoje elas só falam de tal coisa o tempo todo. Estão possuídas! Criam contas no Twitter para xingar as bandas adversárias ou montam Fã Clubes para que outras criaturas tão idiotas quanto elas também sigam. Pessoas normais até tentam se comunicar com essa gente, e, às vezes, até conseguem por alguns segundos, mas o papo sempre acaba voltando para os mesmos comentários inúteis.
Fã fanático não perde a oportunidade de obrigar as outras pessoas a ouvirem as músicas dessa ou daquela banda, se preocupando mais em fazer os outros apreciarem do que ele mesmo se assumir um tremendo babaca. Isso para eles funciona como um tipo de conversão, e deve ser feita - não provando sua preferência através de argumentos - de modo insuportável e repetivo até a rendição do convertido. É natural eles batucarem as músicas, assobiarem, usarem em toques de celular, no despertador. Sem contar os chaveiros, faixa de cabeça (que, aliás, deve comprimir ainda mais o cérebro já atrofiado) e pôsters gigantes que enfeiam os quartos. No próprio enterro essa pessoa provavelmente irá pedir para tocar aquela maldita música, mas por bom senso ninguém vai atender o pedido. Se atendessem, todos iriam embora na mesma hora, tremendamente aborrecidos. Antes ainda, sucumbiriam à vontade de dar uma bela bofetada na cara do defunto. Lembrariam de todas as vezes que foram obrigados a ouvir tal despudor.
É comum esse tipo de fã te abordar e começar a falar sobre as letras das canções, dissertando verso por verso, frase por frase, palavra por palavra, letra por letra e ponto por ponto, tudo a fim de demonstrar toda a genialidade daquela "obra prima". Tal comportamento não é algo que se constrói rápido, mas vai se acumulando. É resultado de meses de ardoroso estudo individual e outros meses de complexas discussões travadas com outros fãs através de sites de relacionamento, fóruns e comunidades do Orkut.
Uma carinha bonita não pode mais cantarolar 'Atirei o Pau no Gato' que uma multidão de garotas-zumbis formam fila?! Cadê a personalidade dos jovens de hoje? São todas clones uma das outras, pré-adolescentes retardadas loucas para serem levadas em um cavalo branco. Elas estão em todo lugar! Por isso, sejam cautelosos e não zombem em público. Se você xingar o ídolos delas, é morte na certa. Te atacarão como abelhas defendendo sua colméia e, quando você menos esperar, uma caneta piscante com a frase 'I Love Jonas Brothers' estará fincada no seu pescoço.

9 comments:

Paulo said...

hahaha pura verdade o texto. concordo em 100% com tudo !!! parabens pelo blog.

Felipe Sevla said...

adoro...hahahaa....seu fan....@reallipe

David Marcelino said...

Ewan, será que eu já fui um fã assim?
HUAHAAUAHAUAHAUAHAAU

Parabéns, meu querido!
Sou seu fã!
;)

Anonymous said...

Nossa....tava falando dsso com a minha mae esses dias....medo essas pessoas sem personalidade...MUITO legal seu blog e como vc escreve

Denison Mendes said...

hahaha! perfeito.

Deh Barbosa said...

Otimo texto! A maior parte das fãs dessas bandas realmente passam dos limites...A vida é delas, claro, mas que é no mínimo surpreendente esse fanatísmo,isso é! A loucura é tanta que muitas delas passam a perseguir seus ídolos e a “respirar colorido”, deixando sua própria vida em segundo plano, pra cuidar da deles...
Não sei se essas modinhas ainda vão durar muito tempo, e nem quantos adolescentes ainda vão ser "possuídos" por elas... hahaha....A cura? 2012!! Ou exorcismo! #Oremos

Kastanho said...

Faz parte da adolescência idolatrar algum artistas. Porém, essa galerinha de hoje, perdeu os limites. Colocam o ídolo em primeiro lugar e esquecem de outras coisas mais importantes, como valorizar a família e se focar no futuro.

Essa idolatria também está ligada a promiscuidade. Se um garoto se veste como Justin Bieber, as fãs vão babar por ele também de tal maneira que o espertinho vai se aproveitar da situação.

O remédio? Psicologicamente não sei. Seria mais prático implodir algum palco de show, com o máximo de frenéticas e ídolos teen. Fim.


Kiss, @kastanho

Gabriel said...

Ewan!!!!!!! AAAAAAIIIIII, MEEEEEUUUUU DEUUUUUUUSSSSS ÉÉÉÉ OOOOOO EEEWWWAAAANNNNN!!!!!!!!! MEEEE SEGUUURRAAAAAAA!!!!

Ótimo post. Tem coisa mais sem sentido do que gritar desse jeito só porque tem alguém passando? Gente sem noção... :S

Mister Neurotic said...

Genial, genial e genial. Vou postar o link no Twitter e espero que muitos fãs idiotas leiam isso.